O Salão Nobre do Estádio Municipal José Martins Vieira acolheu, este domingo, à tarde, perto de uma centena de convidados, entre associados, dirigentes associativos e representantes de entidades locais, que celebraram os 71 anos de vida do Clube Desportivo Cova da Piedade.

 

O emblema filiado na AF Setúbal, que conta por esta altura com cerca de 250 atletas inscritos, nos diversos escalões etários, em representação das equipas de futebol oficializadas pelo clube e pela sociedade desportiva, tem vindo a assumir um reconhecimento generalizado pela sua evolução competitiva de projeção nacional, quer no plano formativo, mas também no futebol profissional.

 

Paulo Veiga, presidente da Direção do CD Cova da Piedade, no seu discurso institucional vincou essa evolução, que “resulta de uma dinâmica sustentada na promoção da atividade desportiva que, ano após ano, tem acolhido cada vez mais jovens no seio de um clube virado para o futuro”.

 

O palco principal do futebol do Cova da Piedade é o Estádio Municipal José Martins Vieira, recinto privilegiado para a atuação do futebol profissional que, apesar das condições superiores, ainda carece de uma requalificação adequada à realidade exigida pelas entidades organizadoras das competições.

 

Um alerta sublinhado pelo dirigente máximo do emblema piedense, que manifestou a necessidade célere para que as obras necessárias no estádio sejam concretizadas.

 

A AF Setúbal esteve representada pelo presidente da Direção, Francisco Cardoso, que depois de agradecer o convite institucional e felicitar o clube pelos seus 71 anos, não hesitou em “reconhecer o importante trabalho que tem vindo a ser feito pelos dirigentes do emblema em prol do futebol piedense”.

 

“A sucessão de bons resultados competitivos, na formação e no futebol profissional, que o emblema tem conseguido é motivo de orgulho para os seus associados e adeptos, mas não deixa de ganhar, igualmente, o reconhecimento do universo AF Setúbal”, realçou Francisco Cardoso, antes de presentear o clube com a oferta de uma lembrança institucional alusiva à celebração do aniversário do emblema.

 

Refira-se que no âmbito da cerimónia solene, na qual foram distinguidos sócios com os emblemas de 25 e 50 anos de filiação no clube, um dos pontos altos foi o momento da entrega do Emblema de Ouro “Prémio e Distinção” a Armindo Venâncio, um associado histórico do Cova da Piedade, que viu reconhecida a sua dedicação ao clube, naquela que foi uma atribuição inédita.

 

O Clube Desportivo Cova da Piedade foi fundado em 28 de janeiro de 1947.